Luciano anuncia fim da dupla sertaneja com seu irmão Zezé

Parece que uma das duplas de maior sucesso da música popular brasileira está estremecida. Boatos começaram a circular no Twitter na noite desta quinta-feira, 27, dando conta de que Zezé Di Camargo e Luciano teriam brigado durante um show deles em Curitiba, nesta noite.

“Zezé está cantando sozinho em Curitiba. Pediu desculpa ao público porque ele e o Luciano tiveram um problema pessoal no camarim”, escreveu um fã no Twitter contando o que se passava no Teatro Guaíra, onde a dupla tem show marcado para esta quinta-feira, 27, e na sexta-feira, 28.

“O Luciano subiu no palco agora e pediu desculpas. Falou que no final do ano a dupla termina”, escreveu outro, que foi rapidamente repercutido pelo perfil do tuiteiro Hugo Gloss.

“Meu irmão vai continuar sozinho’ Logo depois, um vídeo foi postado no Youtube mostrando Luciano explicando o que se passava e já fazendo uma espécie de discurso de despedida. (Veja vídeo aqui)

“Em março, todo mundo sabe que é o nosso navio. Depois disso, vou abandonar os palcos. Está impossível para mim e há muito tempo que venho brigando com isso. Eu não consigo mais lidar com isso. E a culpa é totalmente minha e de repente da minha saúde. Não era para eu estar aqui agora, mas vou dar o máximo de mim aqui. Podem ter certeza! Até o final do ano, vou cumprir todo os meus compromissos. Mas ano que vem, meu irmão vai seguir carreira sozinho e vocês vão ser, com certeza, a segunda voz que ele sempre mereceu e que merece para o resto da vida. Adeus de coração e obrigado”, diz ele no vídeo.

Equipe desmente fim da dupla
Na tentativa de acalmar os ânimos, o perfil da dupla Zezé Di Camargo e Luciano no Twitter tratou de desmentir o fim da dupla. Segundo a equipe dos sertanejos, tratou-se apenas de um mal-entendido entre irmãos.

“A história de Zezé Di Camargo e Luciano não acabou. Os dois, como todos irmãos, têm seus desentendimentos. A dupla continua! Equipe ZCL”, dizia o comunicado no microblog.

Camila Camargo, filha de Zezé, também se manifestou pelo Twitter ao saber do desentendimento do pai e do tio no show em Curitiba.

“Gente calma! Essa história não está confirmada, não estou sabendo de nada. Meu pai está no meio de um show, por isso não consigo falar com ele. Acabei de ficar sabendo, mas não tenho confirmação de nada disso. Acabei de ficar sabendo e também estou pasma com tudo isso. Assisti ao vídeo, mas só acredito quando ouvir da boca do meu pai. Às vezes, no calor do momento, falamos coisas sem pensar”, escreveu ela ao receber vários questionamentos dos fãs da dupla pelo microblog.

Procurada pelo EGO, a assessoria da dupla disse que só iria se manifestar depois do show.

Na manhã desta sexta, 28, no entanto, a assessora não foi localizada para dar maiores informações. De acordo com o filho da representante, ela estaria em Curitiba com Zezé e Luciano. “Ela me disse para não falar nada sobre este assunto ainda, pois não há nada de concreto, a história ainda está se desenvolvendo”, afirmou ele apenas.

Assessoria local confirma show com a dupla nesta sexta, 28
Procurado pelo EGO, o escritório de assessoria que responde pela organização do show em Curitiba confirmou que a segunda apresentação de Zezé e Luciano – programada para a noite desta sexta, 28, às 21h no Teatro Guaíra – acontecerá normalmente.

Confira a entrevista do “príncipe do pop” Justin Bieber a Revista Época

Justin+Bieber+4ÉPOCA – Você já foi atacado na Alemanha e causou tumulto em Paris e shopping centers dos Estados Unidos. Como tem lidado com todo esse inesperado sucesso e a histeria das fãs?
Justin Bieber – Não é tão ruim quanto parece. Às vezes preciso da companhia de segurança, especialmente para comprar um tênis ou uma calça, mas de resto não tenho do que reclamar. Minhas fãs são muito cool. Às vezes nem acredito que isso tudo aconteceu comigo. Que garoto pode reclamar de ter um monte de menina correndo atrás dele o tempo todo?

ÉPOCA – Seu descobrimento foi viável basicamente pela internet, com vídeos no YouTube e sua conta no Twitter. O quão importante são essas ferramentas para você?
Bieber – Elas criam um canal de comunicação muito direto com as fãs. Acho que existe uma conexão maior, uma liberdade maior, principalmente de minha parte, de postar uma mensagem engraçada no Funnyordie.com, como fiz no dia 1º. de abril. Fãs acham que estou falando diretamente com elas, o que é verdade. Posto no Twitter incessantemente. Virou uma mania.

ÉPOCA – Os críticos dizem que sua voz pode mudar e que o futuro de sua carreira é incerto porque é muito jovem. O que acha disso?
Bieber – Minha voz tem mudado muito, tem ficado mais grave e estremece muito, o que é totalmente compreensível. Hoje já não consigo mais cantar a musica “Baby” como eu fazia seis meses atrás. Preciso cantá-la num tom mais baixo. Tem gente que diz que eu não vou conseguir cantar mais depois da puberdade. Mas isso não faz muito sentido para mim e nem me preocupa. Muitas pessoas fazem esse rito de passagem numa boa. Veja só o exemplo do Usher.

ÉPOCA – Que tipo de cuidados você tem com sua voz?
Bieber – Tenho a melhor professora de canto dos Estados Unidos. Também evito consumir produtos derivados de leite. De resto, é tudo normal, inclusive hambúrguer.

ÉPOCA – Qual é sua comida preferida?
Bieber – Adoro spaguetthi à bolonhesa.

ÉPOCA – Quais são seus hobbies, o que costuma fazer quando não está em tour ou promovendo seus CDs?
Bieber – Gosto de andar de skate, de sair com amigos, assistir a uma comédia com eles no cinema. Jogar videogame. Também gosto de jogar basquete e hoquéi. E tirar sonecas.

ÉPOCA – A imprensa tenta compará-lo a outros astros teens. Você é chamado de o novo Jonas Brothers, de o novo Zac Efron. Isso te incomoda?
Bieber – Acho que é cada um na sua. Não me incomoda ser comparado com eles, mas também não faz nenhum sentido, pois somos bem diferentes em estilo.

ÉPOCA – Desse grupo do tween pop como Miley Cyrus, Jonas Brothers, Selena Gomez, Taylor Swift, de quem você mais gosta ou se identifica?
Bieber – Eu acho que Taylor Swift tem uma voz incrível. Gosto muito do estilo dela.

ÉPOCA – Você cresceu sem ter muito dinheiro. Como acha que isso o afetou?
Bieber – Não fui tão pobre de passar necessidade. Só não tínhamos muito dinheiro, mas minha mãe sempre foi capaz de prover o básico para nossa família. Acredito que isso me trouxe uma outra mentalidade. Cresci mais pé no chão, sem mimos ou dramas. Meu grande objetivo sempre foi ir à luta, vencer e poder comprar uma casa para minha mãe, o que já fiz.

ÉPOCA – Qual foi a coisa mais extravagante que você comprou com seu primeiro salário mais polpudo?
Bieber – Um netbook muito cool. Recentemente, tirei minha carta e o Usher me ajudou a comprar um Range Rover.

ÉPOCA – Você gosta de gadgets?
Bieber – Adoro. Quero muito ter um iPad, mas estou tendo paciência e esperando pelo modelo 3G sair agora em maio para comprá-lo. Tenho receio de que o modelo somente em wi-fi fique complicado de ser usado quando eu sair em tour.

ÉPOCA – Sua tour começa em junho. Tem planos de incluir o Brasil nela?
Bieber – Eu nunca fui ao Brasil, mas com certeza um dia me apresentarei por lá.

ÉPOCA – E suas fãs brasileiras, o que elas te escrevem?
Bieber – Eu acho as brasileiras quentíssimas.

ÉPOCA – O que o faz dizer isso? Fotos de Gisele Bundchen e Adriana Lima?
Bieber – Não, não estou me referindo a modelos, mas sim as mulheres brasileiras em geral. Elas são quentíssimas, tem um jeito diferente de caminhar.

ÉPOCA – Você tem sido fotografado com muitas mulheres famosas, dando beijinho em Rihanna, Taylor Swift, Tina Fey, Oprah Winfrey. Qual é celebridade que mais o encantou até o momento?
Bieber – Fácil, fácil, a Beyoncé. Ela tem uma voz incrível e é muito sensual. Na verdade, ela é quentíssima (risos). Gostaria de cantar com ela.

ÉPOCA – Você foi à Casa Branca recentemente. Fale como foi essa experiência.
Bieber – Foi incrível conhecer o presidente Barack Obama. Ele não me conhecia e pronunciou meu nome errado. Mas o perdoei na boa (risos).

ÉPOCA – E o que você conversou com a filhas dele, Malia e Sasha?
Bieber – Coisa de adolescente. Nada demais.

ÉPOCA – Qual foi a maior surpresa que a fama te trouxe?
Bieber – O que mais me fascinou foi poder ter a oportunidade de encontrar gente famosa que admiro, como a Beyoncé, a Taylor Swift e o presidente Obama.

ÉPOCA – Quem falta você vai encontar?
Bieber – O Eddie Murphy.

ÉPOCA – Muitos astros mirins não conseguem lidar com a pressão do sucesso, e encontram problemas de ajustes mais tarde. Você já pensou em como vai lidar com isso?
Bieber – Eu acho que mantenho o pé no chão e sou muito honesto comigo mesmo. Minha mãe também sempre me deu bons conselhos e sempre foi extremamente cuidadosa sobre minha educação e em relação às pessoas com quem ando.

Dupla sertaneja Guto e Nando cria música ‘Guerreiro Dourado’ para Homenagear o BBB Marcelo Dourado

ntc20080319185845O lutador Marcelo Dourado ganhou uma música. A dupla sertaneja Guto e Nando gravou uma canção em homenagem ao polêmico integrante do “Big Brother Brasil 10″. A canção chama-se “Guerreiro Dourado” e está disponível no youtube.

A letra enfatiza o fato do lutador estar participando pela segunda vez do reality show da Rede Globo e ressalta, na opinião deles, a determinação de Dourado em tentar ganhar o programa.

Conheça o cantor Justin Bieber é a promessa da música pop teen em 2010 (fotos)

1470809-7590-gaOs fãs de Jonas Brothers que me desculpem, mas o posto de astro pop teen de 2010 é do canadense Justin Bieber. Se antes a sigla JB servia para denominar o trio de irmãos, hoje ela é usada para encurtar o nome Justin Bieber. O garoto com 16 anos recém-completados é a prova mais nua e crua que nem só os reality shows como American Idol e Britain’s Got Talent (e suas versões pelo mundo) são os responsáveis pela descoberta de novos ídolos. O talento de Bieber foi apresentado ao mundo de uma maneira mais democrática: pela internet.

Em 2007, quando tinha 12 anos, Bieber se inscreveu em um concurso de talentos em sua cidade natal, Stratford, no Canadá, e, como nem todos os seus familiares podiam assisti-los ao vivo, ele decidiu postar os vídeos das apresentações no YouTube. O garoto virou instantaneamente uma sensação. O vídeo de Bieber fazendo o cover de With You, do Chris Brown, foi visto por mais de 10 milhões de internautas. Ele também tem covers de Alicia Keys (Falling), Usher (U Got It Bad), Justin Timberlake (Cry Me a River) e Ne-Yo (So Sick e Because of You) espalhados pela internet.

Sete meses após o concurso que o deixou em segundo lugar, mas em 1470807-8314-gaprimeiro no YouTube, Justin Bieber foi procurado pelo agente Scooter Braun, que o convidou para conhecer a Island Def Jam (junção da Universal Music com Island Records e a Def Jam Recordings que se tornou a maior gravadora em número de artistas), em Atlanta, Estados Unidos. Lá, ele se encontrou com seu ídolo, Usher. No dia, o rapper ainda não sabia que o menino era a nova sensação. Uma semana depois, e após ter visto os vídeos de Bieber, Usher o chamou para cantar para ele. Impressionado com o desempenho (o vídeo desse encontro também está no Youtube), ele fez uma proposta para o garoto assinar com ele. Bieber ficou de pensar, já que Justin Timberlake também estava interessado nele. A lista de contatos de Usher falou mais alto e, em outubro de 2007, Bieber assinou com a Island Def Jam, a mesma gravadora de Mariah Carey, Rihanna, Jay-Z, Kanye West, Ne-Yo, entre outros.

Justin Bieber é um fenômeno não só da internet, como também da Billboard. Antes de seu primeiro disco (My World) chegar às lojas, em novembro de 2009, sete singles de músicas do álbum apareceram no Hot 100 da Billboard, sendo que quatro deles atingiram consecutivamente o Top 40 (One Time, One Less Lonely Girl, Love Me e Favorite Girl). O fato fez de Bieber o primeiro artista na história com quatro canções no Billboard no top 40 do Hot 100 ainda antes do lançamento do disco.

1470812-4028-gaO sucesso de Bieber está na combinação infalível de talento e carisma. O garoto vem conquistando fãs fiéis – e com cordas vocais potentíssimas – mundo afora. Em entrevistas, ele costuma elogiar a beleza das fãs. Em seus vídeos, ele encarna o menino romântico. Em suas músicas, ele é o safadinho que canta: “qualquer coisa que você quiser, gata, eu vou te dar”. Resultado? Fãs enlouquecidas. Em novembro de 2009, sua aparição em um shopping de Long Island, NY, terminou com feridos e um homem preso. Há um mês, um vídeo de uma fã de Bieber de 3 anos virou febre. Nele, ela chora desesperadamente porque “ama” Justin Bieber. “Eu o amo e sei que ele me ama também”, diz a criancinha aos prantos.

No Brasil, o fanatismo por Justin Bieber não é menor. Cada vez mais, sites e blogs destinados ao jovem se espalham e conquistam dia a dia mais seguidores. A fundadora de um deles, o justinbieberbrasil.com, Mariane de Freitas, 18 anos, explica o sucesso do garoto. “Ele cresce como artista sem mudar a sua essência”, disse a estudante de radialismo de São Paulo, que seria capaz de fazer uma tatuagem em homenagem ao ídolo. “Mesmo sendo ‘pequeno’, Justin Bieber me ensinou muitas coisas em relação à vida”, acrescentou.

A estudante Giovana Alexandre Malka Y Negri, 13, também compartilha a ideia de que qualquer loucura é válida por um ídolo. “Eu acamparia no hotel, na porta do show, sairia gritando na rua e até fugiria de casa para vê-lo se fosse preciso”, contou a menina, que se considera uma belieber (trocadilho com a palavra believer – quem acredita, em inglês). “Para ser uma belieber é preciso ser uma grande fã do Justin e apoiá-lo acima de tudo. Se algum tabloide fala mal dele e ele negar que isso seja verdade, é preciso que você acredite na palavra dele”, explicou a jovem.

Justin Bieber facts
- Justin Bieber aprendeu sozinho a tocar piano, bateria, guitarra e trompete

- Na regravação de We Are The World, em prol das vítimas do terremoto no Haiti, JB canta a primeira linha – originalmente de Lionel Richie

- O garoto se apresentou no 52º Grammy Awards com Ke$ha

- Justin Bieber diz que já ganhou selinhos de Rihanna

- JB aparece no Top 10 dos vídeos mais vistos do Youtube na década

- Bieber fala fluentemente francês

- O menino assumiu publicamente ter uma queda por Beyoncé

- A canção favorita dele é So Sick, do Ne-Yo

- O primeiro disco de Justin Bieber, My World, vendeu mais de 100 mil cópias

- Justin Bieber já gravou por Usher, Sean Kingston e Ludacris

- Never Let You Go é a música que ele mais gosta de cantar ao vivo

- Bieber gostaria de fazer um dueto com o rapper Lil Wayne, que está preso

- Selena Gomez, estrela teen da Disney, disse em uma entrevista que “Justin Bieber é o garoto mais fofo e atraente do mundo! Me sinto como uma idiota, pois eu tenho uma queda por ele”

- JB gosta de garotas inteligentes e com senso de humor

- A mãe de uma fã do Justin Bieber tatuou o rosto do DJ Mack (locutor da rádio Y100) para que a filha pudesse conhecer o garoto

- JB dedicou a música Favorite Girl a Taylor Swift

- A segunda parte do disco My World será lançado dia 23 de março nos EUA

Conheça Léo Santana vocalista da banda Parangolé

LLéo Santanaéo Santana é o vocalista da banda baiana “Parangolé”, o rapaz tem apenas 21 anos, o que leva a crer que o rapaz tem tudo para será um sucesso. Com 1,98m de altura, corpo saradíssimo e muita ginga, ele lembra outro baiano, Xanddy, do Harmonia do Samba.

“Muita gente diz que eu pareço com ele. Mas não ligo, não, porque estão me comparando a uma coisa boa. É um cara que canta bem, já dançou muito bem (risos). Mas não faço nada para imitar ninguém, não. E comecei a malhar porque era muito magro quando adolescente. Meus amigos brincavam que eu estava até envergando. Hoje virou vicio”, diz ele, que é muito vaidoso, tem extensa coleção de bonés e não sai de casa sem joias. Tanta saúde já rendeu até convite para posar nu. O que foi rapidamente dispensado pelo cantor.

Léo Santana conta que vivia intrigado com o sucesso do “rebolation” – dança que os frequentadores de rave fazem com os pés – na Internet e no Youtube. Achava a coisa tão fascinante que resolveu transportar a moda para pagode baiano, ou axé music, como é conhecido o estilo no resto do país.

“Falei para o Nenel, meu parceiro na música: ‘Vamos fazer alguma coisa com esse negócio de rebolation? Se tiver metade dos acessos que tem no Youtube, estamos feitos’”, lembra ele.

A coisa deu certo, e há dois meses o rebolation e o rebolado de Léo Santana conquistaram gente como Claudia Leitte, Ivete Sangalo e Tomate e agora avançam para outras partes do país, prometendo ser o grande hit do carnaval 2010.

“Queríamos fazer a coreografia com os pés, como é no rebolation eletrônico, mas vimos que seria muito difícil para algumas pessoas. Nem todo mundo ia conseguir deslizar no chão, por exemplo. Daí, criamos essa coreografia mais povo, mais Brasil”, conta.